Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

03 de Fevereiro, 2021

O Momento // Os Desafios da Abelha

Inês Reis

A Ana de Deus desafiou-me, aqui, a "desenhar com palavras" o rosto de uma mulher (imagem por Laura Agusti). Aqui está a minha "pintura".

O incisivo meio torto só aparece nos dias bons; quando as gargalhadas fogem pelo nariz à socapa e lhe arregalam as ventas por uns segundos.

Mas o constrangimento rapidamente lhe leva o sorriso dos lábios e a mão à boca. A mesma mão que constantemente esconde o pelo que cresce no sinal do queixo e que só ela vê. 

As bochechas, habitualmente rosadas, pintam-se de vermelho, num padrão que faz lembrar uma aguarela a nascer numa folha de papel virgem, depois de delicadamente tocada pelas cerdas de um pincel molhado.

Os seus olhos crescem, instantes antes de encontrarem o chão, para não mais o abandonar.

E o momento esvai-se, deixando apenas uma memória ténue de um rosto perfeito nas suas imperfeições.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Ana de Deus

    03.02.21

    vou agora tratar de o incluir nos desafios da Abelha. não esta esquecido. besitos
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.