Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

22 de Fevereiro, 2021

Ler ou Não Ler a Bula

Inês Reis

Shakespeare_Droeshout_1623.jpg

Eis, efetivamente, a questão.

Num passado não muito distante, eu posso, ou não, ter dito que ler o folheto informativo de um medicamento torna qualquer pessoa insuspeita numa hipocondríaca profissional.

E, sim, até um simples comprimido de paracetamol tem uma lista de possíveis efeitos secundários de envergonhar uma qualquer droga sintética, mas, a verdade, é que toda a informação descrita naqueles papelinhos, em letras pequeninas (diz ela com um piscar de olho maroto), é extremamente importante e deve ser consultada sempre que necessário.

E “em que situações consideras ser necessário consultar a bula,” perguntam vocês, em uníssono.

Bem, logo à cabeça, estão todos os doentes crónicos que tomam, diariamente, medicação para controlar as suas patologias (hipertensão arterial, diabetes, hipercolesterolemia – ou Castrol alto - etc.) e que devem, portanto, consultar as bulas sempre que precisem de tomar algum medicamento para uma situação aguda (uma dor de cabeça, uma alergia, uma constipação, etc.) e não tenham possibilidade de ter aconselhamento médico.

“E porquê?” Questionam vocês a duas vozes e acompanhados de uma viola baixo.

Ora, porque há interações entre medicamentos que podem se mais graves que a situação para a qual os ditos foram tomados, em primeiro lugar.

E até porque, em alguns casos, esses medicamentos não sujeitos a receita médica são desaconselhados a esses pacientes.

Depois, temos todos os casos em que surgem sinais e/ou sintomas estranhos – as ditas reações adversas - após a toma de um medicamento que, dependendo da sua gravidade, podem ser considerados normais ou precisar de atenção médica especializada.

Pequena dica: sempre que a vossa pele se transforma na de um turista Inglês de férias no Algarve depois da primeira toma é parar de tomar e ir ao medico ou ligar para o SNS 24 (808 24 24 24).

Em conclusão, em caso de dúvida, é consultar a bula.

Mas, de preferência, “o seu medico ou farmacêutico”.

Imagem:

By Martin Droeshouthttp://firstfolioold.bodleian.ox.ac.uk/BookReader/BookReaderImages.php?zip=&file=cropped/jp2s/axc0005_0.jp2, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=20219763

8 comentários

Comentar post