Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Não-Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

24 de Fevereiro, 2022

Jogar ao Entrudo

Inês R.

1080px-Venice_Carnival_-_Masked_Lovers_(2010).jpg

A burra foi pintada de azul. A burra foi pintada de azul e presa à varanda do vizinho, de onde se atirou durante a noite.

De entre as partidas de Carnaval que mais me marcaram esta estava, garantidamente, no topo da minha lista; seguida, muito de longe, pelo estrume escarrapachado nas janelas da Escola Primária. Já os vasos de flores mudados de lugar nem chegam ao top cinco.

E, certo, não posso comparar uma aldeia do interior de Portugal com o maior país da Europa, mas, ó raio, se o indivíduo que invadiu a Ucrânia depois de dizer que “nunca, tás parvo, ó quê?” não saltou prá pole position com uma habilidade do caraças.

E ainda conseguiu a proeza de nos deixar a todos mascarados de palhaços.

Parece que este ano, quer queiramos quer não, jogamos todos ao Entrudo.

Imagem: By Frank Kovalchek from Anchorage, Alaska, USA - Couple in love at the 2010 Carnevale in Venice (IMG_9534a), CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=13290679

6 comentários

Comentar post