Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

01 de Março, 2021

Gripe 0 – Coronavírus 2.5M

Inês Reis

1918_Spanish_Flu.png

Posso pedir-vos um favor pequenino?

Quando a pandemia for dar uma volta ao bilhar grande, e a malta deixar de ter um ataque de pânico de cada vez que alguém toca no nosso agrafador, será que podemos todos, enquanto sociedade, normalizar o uso da máscara comunitária sempre que estivermos com sintomas gripais?

Ao que parece, em conjunto com outros fatores, o uso generalizado de máscaras contribuiu significativamente para que os casos de Gripe, nesta última época, tenham ficado muito abaixo do habitual; tanto em Portugal como no resto do mundo.

Agora, o meu receio é que voltemos todos à paranoia de acharmos que aquela pessoa de máscara que passou por nós na rua só pode estar contaminada com um qualquer vírus extraterrestre, trazido por uma chuva de meteoritos, cujo objetivo é a aniquilação da raça humana (não, para isso tivemos o Corona) e que, por vergonha, voltemos às nossas velhas rotinas.

E, vá, eu posso ser a primeira a declarar, sob compromisso de honra (agora que estão na moda), que, sempre que se justificar, vou usar máscara em público.

Quem se segue?

Imagem: Family and their cat during the Spanish Flu, 1918. By Unknown author - https://www.theodysseyonline.com/seek-treatment, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=89018757

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.