Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

Em Letras Pequeninas

Podem tirar a rapariga da farmácia, mas não podem tirar a farmácia da rapariga. Salvo seja…

19 de Abril, 2021

Ao Léu

Inês Reis

640px-Band_aid_animation,_tan.png

Maminhas? Nos locais apropriados, com certeza. Dedos dos pés? Se estiver calor, claro. Mas feridas (tirando em situações específicas ou por conselho médico), não!

Seguir a velha máxima de que as feridas “saram mais depressa ao ar livre” talvez funcione bem só mesmo para aqueles arranhões que mal merecem o nome – daqueles que faziam o meu pai dizer, num tom deliberadamente sarcástico: “são capazes de te sair as tripas por aí”.

Mas, sim, uma ferida quer-se tapadinha para não infetar, e uma infeção pode resultar de algo tão simples como umas poeiras no sítio errado à hora errada, por isso, tenham sempre uma caixinha de pensos rápidos à mão.

E para mais dicas sobre como tratar pequenas feridas, espreitem AQUI esta página das Farmácias Portuguesas.

Imagem: By Kurt Kaiser - Own work, CC0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=88223205

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.